PIADAS "5 ESTRELAS"

 

 

 

 

Vitor Costa

 

 

Um tipo pequenino entra no elevador e depara-se com um tipo enorme lá dentro.

O tipo grandalhão olha para o pequenino e decide apresentar-se:

- 2,05 metros de altura, 152 quilos, pénis de 30 cm, testículo esquerdo de 1,2 quilos, testículo  direito de 1,2 quilos... Vítor Costa.

O tipo pequenino desmaia. O tipo grande pega no pequenino, reanima-o com umas bofetadas na cara e abanões.

- Que se passa? Tem algum problema?

- Desculpe, mas o que e que você disse?

O tipo grandalhão repete:

- 2,05 metros de altura, 152 quilos, pénis de 30 cm, testículo esquerdo de 1,2 quilos, testículo direito de 1,2 quilos... Vítor Costa.

O tipo pequenino suspira de alivio...

- Ah! Vítor Costa? Graças a Deus! Eu percebi que tinha dito "vira-te de costas".

 

 

 

 

 

 

A prova final

 

 

A CIA resolveu recrutar um atirador. Após uma serie de selecções, entrevistas e testes, escolheram três candidatos um francês, um inglês e um português.

Para a prova final, os agentes da CIA colocaram os candidatos diante de uma porta metálica e entregaram-lhes uma pistola.

- Queremos ter a certeza de que seguem as instruções, quaisquer que sejam as circunstâncias. Dizem então ao francês:

- Detrás desta porta você vai encontrar a sua mulher sentada numa cadeira. Terá que a matar !

- Estão a falar a sério? Eu jamais mataria a minha mulher !!!

- Então você não serve, responde o agente.

Ao inglês deram as mesmas instruções. Ele pegou na arma e entrou na sala. Durante 5 minutos, tudo muito calmo. Depois ele regressou com as lagrimas nos olhos.

- Tentei mas não posso matar a minha mulher.

- Você também não está preparado para trabalhar nesta agência. Pegue na sua mulher e vá-se embora.

Chegou enfim a vez do português! Deram-lhe as mesmas instruções indicando-lhe que teria de matar a sua mulher. Ouviram-se tiros, um estrondo e depois outro ... A seguir ouvem-se gritos, barulhos de moveis a partir, etc... Após alguns minutos fica tudo muito calmo. A porta abre-se lentamente e o Português sai, limpa o suor e diz:

- Bem, podiam ter dito que as balas eram de pólvora seca !!! Tive que a matar com a cadeira!

 

 

 

 

 

 

Concurso de piadas

 

 

Quatro soldados de diferentes países (um americano, um japonês, um espanhol e um alentejano) encontravam-se presos num campo de concentração. O sádico director do campo, disposto a divertir-se com esses pobres soldados, resolveu  promover um teste:

Todos deveriam contar piadas. Se as piadas fossem boas e todos da prisão rissem (incluindo o director), as suas vidas seriam poupadas. Caso contrário, a forca seria o destino do comediante sem talento...

E chegou a vez do americano: contou uma piada engraçadíssima e todos riram, menos o alentejano.

O director, assistindo à impassividade do alentejano, clamou: "Matem esse americano sem graça!!" E lá se foi o pobre gringo...

O próximo era o japonês: contou uma piada ainda mais engraçada. Mais uma vez, todos riram, menos o alentejano.

Perante o rosto sério do alentejano, o director ordenou: "Matem esse japonês que não sabe contar piadas!"

E chegou a vez do espanhol. Assim que começou, o alentejano caiu na risada.

E passou a rir sem parar! O director, não entendendo o ocorrido, perguntou ao alentejano:

"Mas, homem, o Espanhol mal começou a contar a piada... Do que está a rir?"  

- Muito boa a piada do americano!"

 

 

 

 

 

 

A futura cunhada...

 

 

Eu era feliz... A minha namorada e eu estávamos juntos há mais de um ano, por isso decidimos casar. Só havia uma coisa que me chateava, era a irmã mais nova dela. A minha futura cunhada tinha 20 anitos, usava mini saias e grandes decotes... Tinha a mania de se vir baixar bem perto de mim, e tive muitas vezes visões agradáveis da sua roupa interior.

Um dia ligou-me e convidou-me para ir ver os convites do meu casamento. Disse-me que em breve eu estaria casado, e que ela tinha sentimentos e desejos por mim que ela não conseguia esquecer nem queria esquecer. Ela queria fazer amor comigo somente uma vez antes de eu me casar. Eu fiquei em total choque e nem consegui dizer uma palavra. Ela disse, "Vou lá para cima para o meu quarto, se quiseres passar à acção só tens de subir e apanhar-me...". Fiquei atónito. Estava congelado enquanto a observava a subir as escadas. Quando ela chegou ao cimo puxou as cuequinhas e atirou-as pelas escadas para mim. Eu fiquei lá por um momento, então virei-me e fui direito á porta da frente. Abri a porta e saí da casa. Caminhei direito ao meu carro. O meu futuro sogro estava lá fora. Com lágrimas nos olhos abraçou-me e disse: "Estamos muito contentes que tenhas conseguido passar o nosso pequeno teste! Não podíamos pedir um melhor homem para nossa filha. Bem-vindo à família!"

 

  

 

Moral da história:
 

 

 

Guarda sempre os preservativos no carro.

 

 

 

 

 

 

Se percebeste todas as piadas raspa aqui (com força) e descobre qual é o teu prémio:

############

 

 

 

-   Manuel Marques  2003   -